Como evitar cair em golpes na Black Friday?

mulher-com-carrinho-de compra

A Black Friday chegou ao Brasil no ano de 2010, e desde então, caiu nas graças dos brasileiros. Todos os anos, milhões de pessoas criam expectativas para o mês de novembro, e aguardam ansiosamente pela enxurrada de ofertas que são comuns durante o mês de novembro. Contudo, junto com as promoções, vem junto os típicos golpes na Black Friday.

A Black Friday ocorre na última sexta-feira do mês, porém muitos comerciantes estendem o prazo de promoções durante toda a semana. A medida que o dia oficial da promoção se aproxima, os golpes começam a surgir.

Segundo pesquisas realizadas pela ClearSale, conhecida empresa de serviço de proteção contra fraudes, a previsão é de que os golpes devem aumentar cerca de 52% durante a Black Friday do ano de 2021. 

Com essa previsão tão assustadora, é importante ficarmos atentos para não sermos enganados. Por isso, a AuxiliaConsumidor by Zeno, escreveu esse post. Leia o texto na íntegra e saiba como você pode se proteger contra golpes na Black Friday e aproveitar ao máximo as promoções desse período.

Como funciona a Black Friday?

A Black Friday marca o período oficial de compras natalinas. O termo surgiu ainda no século XIX, mas foi apenas em 1975 que se popularizou entre a maioria dos comerciantes dos Estados Unidos. 

De forma simplificada, a Black  Friday é um dia oficial para grandes descontos e promoções estabelecidas por lojas físicas e onlines.

Durante esse dia, os comerciantes oferecem condições especiais para produtos e serviços, com preços muito inferiores aos que normalmente são empregados.

Além dos preços baixos, também ocorrem promoções de frete grátis, parcelamento prolongado e sem juros, ou qualquer outra coisa que incite o consumidor a realizar compras.

Porém, é nessa época do ano que os golpistas veem uma oportunidade para fazerem mais vítimas. Com diversas promoções rolando, é fácil para os estelionatários se passarem por lojas e empresas, e aplicar diversos golpes.

Confira abaixo alguns dos famosos golpes na Black Friday.

Quais golpes na Black Friday mais afetam os consumidores?

Os golpes na Black Friday são muitos e dos mais variados tipos. Por isso, é importante conhecer o máximo possível, para que você possa se proteger contra qualquer tipo de fraude. Alguns dos golpes mais comuns são:

  • Sites falsos de grandes empresas: nesse tipo de fraude, os estelionatários copiam os sites das grandes empresas. Muitas pessoas acabam caindo nesse golpe, por achar que se trata do site oficial. Com esses sites, eles conseguem tirar dinheiro das vítimas que, ao comprarem, não fazem ideia de que nunca irão receber o produto.

Para evitar cair nessa armadilha, é importante que você nunca acesse links recebidos por redes sociais ou e-mails. Quando você quiser realizar alguma compra, coloque o nome da empresa no google, e entre no site que aparecer na pesquisa. 

Além disso, preste bastante atenção aos anúncios, e desconfie caso o site só aceite pagamentos em boleto. 

  • A metade do dobro: achou o nome confuso? Realmente, esse é um termo que a maioria das pessoas nunca ouviu falar ou nunca associou a Black Friday, mas é uma artimanha muito usada por diversos comerciantes durante esse período de promoções.

Essa prática ocorre quando as empresas aumentam muito o preço dos produtos dias antes da Black Friday, e no dia da promoção, oferece descontos muito atrativos. Contudo, com esse super desconto, o produto sai pelo seu preço original.

A fim de evitar cair nesse tipo de golpe, é importante que você faça uma extensa pesquisa de preços e produtos antes da semana da Black Friday. Assim, você terá noção do preço exato do produto, e conseguirá perceber caso veja um anúncio e promoção com essa tática golpista.

  • Preço diferente no carrinho: outro dos mais recorrentes golpes na Black Friday é a mudança de preços no momento de finalizar a compra.

 Às vezes, há uma contagem regressiva no site, e após aquele tempo o preço do produto muda. Em outros momentos, pode acontecer algum erro na plataforma, e o preço mudar no momento da finalização.

Independente do motivo, é importante conferir antes de realizar o pagamento, se o preço é o mesmo do que foi anunciado. Além disso, sempre tire print da tela, a fim de se resguardar.

  • Links em WhatsApp: muitos golpistas usam a técnica de enviar links para pessoas, com endereços que levam para falsos sites de compras. Para realizarem tal coisa, costumam clonar o celular das vítimas e enviar os links por meio de robôs.
  • Para evitar cair nesse tipo de situação, vale a mesma dica de sites falsos: não clique em nenhum link que você receba no WhatsApp ou em qualquer outra rede social.

Como realizar compras seguras na Black Friday?

Após falarmos sobre tantos golpes que ocorrem durante esse período, talvez você tenha ficado com um pouco de medo, ou até mesmo receoso. Mas tenha calma, mesmo com tantos golpistas por aí, é possível aproveitar a Black Friday e realizar compras de forma segura.

Algumas das preocupações que você pode tomar para se proteger de golpes na Black Friday, além das que já falamos, são:

  • Busque informações sobre a reputação da loja: existem muitos depoimentos de clientes a respeito de um vendedor ou uma loja em específico. Um bom lugar para procurar, é no reclame aqui. Lá, você pode acessar as principais queixas dos clientes e entender se comprar algum produto da empresa é ou não seguro.
  • Desconfie de lojas que só possuem a opção de pagamento no boleto: já demos essa dica em um parágrafo anterior, mas é importante reforçarmos. Se a loja só tem pagamento em pix ou boleto, não faça a compra. Será muito mais difícil reaver o seu dinheiro caso haja um golpe.
  • Guarde os registros de compra: documente todas as informações possíveis sobre a sua compra. Caso você tenha algum problema, é vital que você consiga provar que, de fato, realizou a compra.

Se você seguir todas as dicas que demos ao longo deste post, será muito improvável que você caia em algum tipo de fraude. Mas caso isso ocorra, o AuxiliaConsumidor by Zeno pode te ajudar. Nossos advogados especialistas em Direito do Consumidor, irão te guiar e auxiliar em todo o seu caso.

 Saiba como podemos te ajudar em casos de golpes na Black Friday